Subscrever RSS
banner

Esclarecimento – Valores de investimento na Rede de Mediatecas de Angola

Tendo sido veiculadas recentemente diversas informações, através da comunicação social, acerca do projecto da Rede de Mediatecas de Angola (ReMA) – por ocasião das inaugurações das mediatecas de Benguela, Lubango e Luanda – que, porventura e de alguma, poderão ter induzido em erro a população angolana quanto ao investimento realizado, entende a Comissão Executiva Nacional da ReMA ser oportuno prestar alguns esclarecimentos:

- A primeira fase de instalação da Rede de Mediatecas de Angola é composta por um total de seis unidades, estando já em funcionamento conforme acima já mencionado as mediatecas de Benguela, Lubango e Luanda, estando previstas as aberturas em Saurimo, Soyo e Huambo até final do corrente ano de 2012.

- O valor de investimento na ordem dos 48 milhões de dólares refere-se ao total de investimento para as seis mediatecas da primeira fase ( e não somente na Mediateca de Luanda como se poderia depreender de algumas informações publicadas na imprensa ) e incluí também as verbas relacionadas com as necessárias infraestruturas logisticas e técnicas comuns a todas as unidades a instalar no âmbito do projecto que, relembre-se, prevê um total de vinte e cinco unidades espalhadas por todo o território em Angola.

- Os valores de investimento referem-se, não só a valores de construção das mediatecas, mas também às relativas a estruturas de apoio, acessibilidades, mobiliário, infraestruturas organizacionais, tecnológicas, energéticas, de segurança e de comunicações, entre outras.

- É ainda importante salientar que o investimento divulgado inclui também todo o material que equipa a rede no que refere ao acervo, às publicações, livros, CD’s e DVD’s, filmes, outro material pedagógico e científico, ao conteúdos, entre outros diversificados meios, agora disponíveis para utilização da população através das mediatecas.

Não podemos deixar passar a oportunidade para agradecer a toda a comunicação social angolana e internacional que, através da sua cobertura informativa, tem decisivamente contribuído para a ampla divulgação deste importante projecto para o futuro de Angola do povo angolano, esperando poder continuar a contar com o seu valioso e inestimável apoio nesta matéria.

Estamos certos que todos esclarecimentos, atempada e correctamente prestados nos mais diversos temas que a este projecto digam respeito, muito contribuirão também para o sucesso da Rede de Mediatecas de Angola que é de e para todos os angolanos!

A Comissão Executiva Nacional da ReMA.
Luanda, 11 de Setembro de 2012.

 
 

Outros artigosVoltar à Página Principal

Microsoft Imagine Academy na ReMA

Microsoft Imagine Academy na ReMA

ReMA e Microsoft assinaram no início de Fevereiro um protocolo que proporcionará formação de alta qualidade, ministrada através do organismo que gere a Rede de Mediatecas de Angola (ReMA) por instrutores da «Microsoft Imagine Academy» no nosso país. Na cerimónia de assinatura do acordo de cooperação, realizada na sala de conferências da Mediateca Zé Dú,

ReMA alargou parcerias

ReMA alargou parcerias

Desde o passado dia 13 de Fevereiro que a Rede de Mediatecas de Angola (ReMA) passou a contar com um novo grupo de parceiros de cooperação de onde se destacam a Microsoft, Cruz Vermelha de Angola, Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto, Da Banda, Tralect Internacional, Legis Palop, o jornalista Victor Hugo Mendes e

Mediateca do Huambo acolheu Encontro da Educação

Mediateca do Huambo acolheu Encontro da Educação

A Direcção Municipal da Educação, Ciências e Tecnologia promoveu durante três dias, na Mediateca do Huambo, o «I Encontro técnico municipal da educação», tendo a sua abertura ocorrido no passado dia 6 de Fevereiro. Sob o lema «Um olhar atento sobre a problemática de ensino de qualidade no ensino primário – análise e perspectivas de

«Conversa Dura» com Zola Vida

«Conversa Dura» com Zola Vida

A Mediateca 28 de Agosto realizou, no passado mês de Outubro, mais uma sessão do «Conversa Dura», rúbrica regular do Clube de Leitura que acolheu nesta edição Zola Vida, autor da obra de poesia «Contemplando o invisível». Na sessão, o escritor Zola Vida teve a oportunidade de explicar os seus primeiros passos no mundo da

ReMA deseja Feliz e Próspero Ano de 2017

ReMA deseja Feliz e Próspero Ano de 2017

A Rede de Mediatecas de Angola (ReMA) endereça a todos os seus utentes, colaboradores, parceiros e população angolana em geral os mais sinceros votos de um Feliz e Próspero Ano Novo de 2017 !

Ler mais

Rede de Mediatecas de Angola

Redes Sociais

© ReMA 2012 | Rede de Mediatecas de Angola | Todos os direitos reservados.